Publicado em: 06/12/2018 14h33 – Atualizado em: 07/12/2018 17h59

06/12/2018 - Justiça Federal em Santos comemora 30 anos

No dia 30/11, a Justiça Federal em Santos/SP comemorou 30 anos de existência. A comemoração foi realizada no Mendes Plaza Hotel e contou com a presença do ministro do STF, Alexandre de Moraes, da ministra do STJ, Regina Helena Costa, do prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, entre outras autoridades.

Na oportunidade, houve homenagem a magistrados e servidores que fizeram parte da história do Fórum. A desembargadora federal Therezinha Cazerta, presidente do TRF3, relembrou a criação da Subseção de Santos, da qual foi uma das primeiras juízas: “Foi uma grande união. Muita gente queria ver a Justiça Federal funcionando em Santos e deu certo. É uma Justiça forte, empenhada e muito operosa”. A juíza federal Alessandra Nuyens, diretora da Subseção de Santos, agradeceu aos servidores pela “dedicação, seriedade e compromisso que sempre tiveram pela instituição”.

O ministro Alexandre de Moraes palestrou no evento e parabenizou os magistrados da Subseção pelo trabalho: “Quero parabenizar por esses 30 anos da Justiça Federal em Santos, que é um laboratório para os juízes federais, pois existe uma questão aduaneira diferenciada, com situações de tráfico internacional de entorpecentes e contrabando. Deixo também meu agradecimento pelos serviços que os juízes federais em Santos vêm realizando”.

O ministro aposentado do STJ, Cid Scartezzini, lembrou com saudades da inauguração do fórum, em 1988, e afirmou que estar presente naquela data foi uma grande alegria. “Tivemos muita sorte, pois as duas magistradas que tomaram posse são duas grandes juízas, uma delas é a atual presidente do TRF3. Elas mostraram um excelente trabalho e provaram que a Justiça Federal tinha vindo para valer”, afirmou Scartezzini.

O juiz federal Arnaldo Dordetti Júnior, da 3ª Vara Federal de Sorocaba/SP, falou sobre a alegria de estar presente na comemoração: “É um sentimento muito gratificante para mim que fiz parte dessa história. Desejo que a Subseção continue cada vez mais a produzir e entregar a prestação jurisdicional de forma célere e adequada a toda população de Santos”.

“A Justiça Federal em Santos tem uma trajetória bastante interessante. É uma das primeiras subseções localizadas fora das capitais e isso tem uma razão de ser muito clara: temos aqui o maior porto da América Latina e, portanto, uma questão econômica e ambiental de bastante relevo. Nesse sentido, durante 30 anos, a Justiça Federal em Santos tem atuado nas mais diversas competências, buscando sempre prestar uma jurisdição de qualidade”, afirmou o juiz federal Décio Gabriel Gimenez, vice-diretor do Foro (interior).

“É uma emoção enorme estar presente nessa comemoração. Santos é uma das subseções mais importantes da JFSP e merece todo nosso prestígio. Ficamos muito honrados de poder estar aqui hoje com tantas autoridades importantes para comemorar esta data”, afirmou o juiz federal vice-diretor do Foro (capital), Caio Moysés de Lima.

O juiz federal Alexandre Berzosa Saliba, vice-diretor do Fórum de Santos e titular da 1ª Vara, falou sobre o foco do evento: “Estamos completando três décadas e temos uma população de quase 1 milhão de jurisdicionados que depende dos nossos serviços. A nossa intenção é prestar homenagem às pessoas que passaram por aqui e fizeram história, deixando um legado, e transmitir a mensagem de seguir adiante e continuar a tocar esse barco, prestando um serviço de qualidade com celeridade”.

A desembargadora federal, Marli Ferreira, que foi a primeira juíza do fórum, contou os desafios da inauguração da Subseção de Santos: “Eu e a Dra. Therezinha tínhamos expectativa de virmos para cá. Eu cheguei e fiquei como titular da 1ª Vara de Santos. E com todo o nosso deslumbramento, fomos surpreendidas, quando cada uma de nós recebeu mais de 12 mil processos. Foi assustador, pois além dos processos tínhamos que capacitar os servidores e atuar na instalação do Fórum. Hoje lembramos com muito carinho daquele tempo”. (MSA)

Fotos: Mariana de Sá