Publicado em: 10/06/2019 17h23 – Atualizado em: 18/06/2019 14h11

10/06/2019 - Nova etapa de virtualização de processos da JFSP será iniciada em julho

No último dia 7/6, a Diretoria do Foro realizou uma videoconferência com magistrados da Seção Judiciária de São Paulo para tratar da implantação da nova fase de virtualização de processos físicos. O evento, que aconteceu no auditório do Fórum Pedro Lessa, contou com a participação da desembargadora federal presidente do Tribunal Regional Federal da Terceira Região, Therezinha Cazerta, da juíza diretora do Foro, Luciana Ortiz e do juiz vice-diretor do Foro/Interior Décio Gabriel Gimenez, coordenador do projeto.

A nova etapa será feita através de uma parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e TRF da 3ª Região. Na ocasião, a desembargadora Therezinha Cazerta salientou a importância do trabalho destacando também a primeira etapa realizada em 2018. “Vamos obter ganhos como a celeridade, confiabilidade e economia de recursos. O que já realizamos em 2018 foi pleno de êxito, fruto de um trabalho dedicado e competente”, disse.

A juíza diretora do Foro, Luciana Ortiz, falou sobre o atual cenário de restrição orçamentária e como a digitalização é importante dentro deste contexto. “A virtualização é de suma importância, pois propiciará à Administração a economia de recursos, racionalização no uso dos espaços físicos e melhor aproveitamento de nossa mão de obra, por exemplo, com o teletrabalho”, avalia.

O juiz Décio Gabriel Gimenez fez um balanço da primeira fase do projeto de digitalização que abrangeu cerca de 70 mil processos e delineou a nova fase que objetiva incluir todas as ações Cíveis, Previdenciárias e parte das Execuções Fiscais. “Nos próximos seis meses pretendemos atingir um patamar no qual a maior parte dos nossos feitos esteja no meio virtual. Iniciaremos 2020 focados nesse ambiente, com novas possibilidades de desenvolvimento de organização e tecnologia”, avalia. (SRQ)