Publicado em: 10/11/2017 17h34 – Atualizado em: 23/06/2020 14h38

Custas Judiciais

DÚVIDAS SOBRE CUSTAS E DEPÓSITO JUDICIAL

Tendo em vista a publicação da Portaria Conjunta PRES/CORE Nº 9/2020, que estende o funcionamento em regime de teletrabalho a magistrados e servidores até 26 de julho de 2020, informamos que nesse período, as dúvidas relativas a custas e depósitos judiciais serão sanadas exclusivamente pelo e-mail admsp-suar@trf3.jus.br.

Para emitir a GRU, acesse:

Sistema de Emissão de GRU de Custas e Despesas Judiciais

 

Caso não seja possível emitir a GRU por meio do Sistema, acesse Secretaria do Tesouro Nacional.

Depósito Judicial

Deverá ser efetuado na Caixa Econômica Federal. Contas judiciais não administradas pela RFB e INSS  (operação 005 - p.ex. honorários periciais, devolução de de valor recolhido indevidamente, por GRU), poderão ser abertas pela Internet, clicando em:

Abertura de conta judicial (Primeiro depósito) e Geração de ID (Depósito em continuação)