Publicado em: 25/10/2019 17h33 – Atualizado em: 07/10/2020 17h52

25/10/2019 - iJuspLab sedia Global GovJam

Pelo segundo ano consecutivo, o Laboratório de Inovação da Justiça Federal de São Paulo (iJuspLab) sediou, entre os dias 22 e 24 de outubro, o Global GovJam, evento mundial voltado à experimentação e à disseminação de novas ideias e soluções inovadoras ligadas aos serviços públicos. “Trata-se de uma experiência extraordinária onde servidores públicos e a sociedade civil, através de uma ideação coletiva e multidisciplinar, buscam soluções para serviços públicos”, destacou a juíza federal diretora do Foro Luciana Ortiz Zanoni.

Essa edição contou com a participação presencial de 24 pessoas entre servidores, cidadãos e representantes dos setores público e privado. “Os participantes são servidores e não servidores, de diferentes áreas, que se empenham em um processo de criação conjunta de serviços públicos a partir de problemas de gestão levantados pelo grupo”, explicou o professor Álvaro Gregório, responsável pela coordenação do evento em São Paulo.

Os participantes foram divididos em três times que, a partir de um desafio proposto, utilizaram a metodologia do design thinking para a construção de soluções inovadoras focadas nas necessidades do cidadão. “Para mim foi algo muito diferente trabalhar com o design thinking, abordamos os problemas com uma visão totalmente diferente e inovadora”, avaliou a servidora Aline Spina, da 7ª Vara Previdenciária.

Ao final do terceiro dia do evento os grupos apresentaram as soluções desenvolvidas. Dois deles abordaram temas relacionados à saúde pública como a implementação de um prontuário eletrônico unificado e o aprimoramento do atendimento aos idosos. Ambas as soluções propostas para a implementação em Unidades Básicas de Saúde (UBS). O outro time focou na seguridade social com a criação de um serviço especializado de apoio ao cidadão segurado. As soluções foram compartilhadas com o restante do mundo através da plataforma do GovJam. “A troca de experiências entre as pessoas de diferentes órgãos e setores da sociedade propiciou uma mudança de foco de visão o que tornou o trabalho mais enriquecedor”, comemorou a servidora Rosangela Maria Souto, do Núcleo de Saúde. (SRQ).

Fotos: Edson Nagase