TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetNotíciasNotícias 2009

24/11/2009 - Campanha alerta para os riscos da pressão arterial

A Seção de Programas de Saúde e Prevenção (SUSP) da Justiça Federal de 1º Grau em São Paulo (JF/SP) iniciou uma campanha de controle da pressão arterial, voltada aos magistrados e servidores. A SUSP realiza periodicamente trabalhos preventivos na área da saúde e desde o início de novembro está orientando os servidores sobre o perigo da hipertensão arterial.

Pretende, gradativamente, implantar um “Programa de Controle da Pressão Arterial” na JF/SP. Com o programa, a SUSP quer identificar quem são os hipertensos já em tratamento, os que foram diagnosticados anteriormente e não se tratam, além da descoberta de novos casos suspeitos para que sejam investigados e, se confirmados, encaminhados para acompanhamento e tratamento.

Para a enfermeira Eveline Pravato Forestieri, é imprescindível o acompanhamento de todos os casos. “É importante a verificação do valor da pressão arterial para que se identifique e trate os casos de pressão alta, evitando assim complicações como infarto, acidente vascular cerebral (derrame), insuficiência renal, doença coronariana, retinopatia (com pressão alta nos olhos), dentre outros”.

As verificações da pressão arterial estão acontecendo em forma de “projeto-piloto" no prédio Administrativo da Justiça Federal, podendo se estender para os demais prédios da capital. A equipe de enfermagem faz a medição em cada setor. Do dia 6/11 ao dia 10/11 foram aferidas 243 pressões arteriais e foram encontrados 37 hipertensos já em tratamento e 18 casos com alteração que serão acompanhados para diagnóstico correto. Ou seja, 22,64% desses servidores encontram-se com os níveis de pressão arterial elevados, o que já justifica a realização do trabalho preventivo. (VPA)

Publicado em 23/01/2018 às 17h31 e atualizado em 04/04/2024 às 12h12