TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetNotíciasNotícias 2010

28/06/2010 - Programa de Qualidade de Vida traz dança de salão para os servidores

Projeto da psicóloga e diretora do Núcleo de Assistência Médico-Social (NUAM), Rosa Maria do Prado Oliveira, o “Programa de Qualidade de Vida” (PQV) foi implantado na Justiça Federal de 1º Grau em São Paulo em 2008. Atualmente, quem coordena o PQV é a também psicóloga Luiza de Resende Mendes.

 O programa teve início com uma pesquisa realizada naquele ano e tinha como propósito averiguar a percepção de estilo de vida, bem como as relações desta percepção com a qualidade de vida dos servidores. Em 2009, mais uma pesquisa foi realizada (desta vez em parceria com a Amil) que reafirmou a necessidade do projeto.

 Diversos projetos foram propostos e alguns já aprovados, como: constituição de grupos de caminhada e ciclismo, controle de hipertensão, dança de salão e orientação nutricional. Algumas dessas atividades deverão ser implantadas ainda em 2010 no PQV. Agora, o PQV deu início ao projeto da “Dança de Salão”. Na quinta-feira, 24/6, os servidores da capital puderam participar da aula experimental, que acontecerá todas as quintas-feiras, às 19h30 no Espaço Convivência. Dependendo da demanda, existe a possibilidade de que uma turma aconteça também pela manhã.

 “Quando fizemos a pesquisa, os aspectos que mais chamaram a atenção foram o sedentarismo, a hipertensão e a obesidade. A dança de salão é uma atividade lúdica, que consegue combater de um jeito saudável as três coisas. Na medida em que ela estimula atividade física, há o gasto calórico e tem ainda a possibilidade de diminuir o estresse. A dança tranquiliza as pessoas; é uma atividade saudável em que você percebe uma melhoria da condição de saúde. E é por isso que escolhemos a dança de salão para dar início as diversas ações de qualidade de vida que pretendemos implantar”, diz Rosa.

 Patrícia Sartori Cardozo, coordenadora do Espaço Convivência, comemora que a dança de salão esteja sendo realizada lá. “O Programa de Qualidade de Vida veio ao encontro da alegria e bem-estar dos servidores, por meio do projeto de dança de salão, por exemplo, muito bem aceito por todos, a convivência e a interação são fortalecidos e isto é maravilhoso para as pessoas e para a instituição. Este sempre foi o espírito do Espaço Convivência, por isso a dança de salão inicia uma parceria que trará ótimos resultados para todos”.

Para a servidora Nadir Demazo, dançar “é bom para a alma, é bom para o corpo e é bom para a auto-estima. Eu sugeri numa palestra da Rosa que colocassem dança de salão para queimarmos calorias, aliviarmos o estresse, e funcionou. E estou feliz com isso, tomara que funcione, que vá adiante, porque dançar é muito bom”.

 A diretora do Núcleo de Acompanhamento e Desenvolvimento de Recursos Humanos (NUDE), Adriana Ferreira Lima, concorda. “Qualidade de vida é o que faltava aqui na Justiça para completar a área de desenvolvimento, que é uma área que estamos investindo. Acho que o projeto de dança de salão vai ser muito bom para as pessoas saírem um pouco do seu trabalho e relaxarem um pouco”.

A coordenadora do PQV, Luiza de Resende Mendes, explica que não há necessidade de “pares” para se matricular ou praticar a dança de salão na JF. “Em algumas academias, quando não temos um par, há constrangimento, nos sentimos ‘proibidos’ de dançar. Então, escolhemos ritmos que possibilitem a dança individual, que são o merengue, a salsa, o samba. Com esses ritmos podemos fazer uma série de movimentos que não precisam necessariamente de um par. Nossas aulas serão para pessoas que estão começando a dançar. O objetivo é despertar para o prazer de realizar uma atividade física”. 

Na aula experimental, segundo Marcelo Mazo, integrante da equipe que organizou o evento, “existia uma energia positiva que abrilhantou a atividade inicial do Projeto”.

Por enquanto, o Projeto deve ser encarado como “Projeto Piloto”, e a população alvo inicial são os servidores da Secretaria Administrativa que poderão fazer sua inscrição através do e-mail “Qualidade de Vida”.  Em breve, será feita uma avaliação dos resultados para a saúde dos participantes, com possível ampliação das atividades para outros fóruns. (VPA)

Fotos: Coaracy Caracas

Publicado em 19/01/2018 às 17h17 e atualizado em 04/04/2024 às 12h12