TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetNotíciasNotícias 2011

21/09/2011 - Campinas instala Central de Conciliação

Foi inaugurada ontem (20/9) a “Central de Conciliação da Subseção Judiciária de Campinas”, a segunda da Justiça Federal na 3ª Região. A nova central vai concentrar todas as audiências de conciliação da região de Campinas, com o objetivo de acelerar o trâmite processual e desafogar as varas federais da cidade. A primeira central inaugurada foi na capital, em junho deste ano.


“A conciliação é um instituto moderno. Com ela, esperamos que o número de processos ajuizados diminua consideravelmente”, disse o presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargador federal Roberto Haddad, que ainda ressaltou a escolha de Campinas devido a seu tamanho, pujança e PIB. 


Na solenidade, estiveram presentes autoridades do judiciário da 3ª Região, do exército, do legislativo e do Ministério Público Federal. O procurador da República, Áureo Marcus Makiyama Lopes em seu discurso falou que encara a conciliação como um investimento para o futuro. Já para o presidente da Câmara Municipal de Campinas, Pedro Serafim Junior, as outras regiões do país deveriam tomar essa iniciativa como exemplo e copiá-la.


Para o diretor do Foro, juiz federal Carlos Alberto Loverra, este é um momento importante para a Administração Central da Justiça Federal de São Paulo. “Mais do que o futuro, as centrais de conciliação são a salvação da justiça. Ela permite que os juizes se dediquem às causas mais complexas onde não há possibilidade de acordo”. 


O coordenador do Programa de Conciliação da Justiça Federal da 3ª Região, desembargador federal Antônio Cedenho, falou sobre a implantação em Campinas. “Estamos dando continuidade à resolução 125 do Conselho Nacional de Justiça que nacionaliza a conciliação em todo o país”. 


De acordo com o diretor da Subseção Judiciária de Campinas, o juiz federal Raul Mariano Junior, a central causará um grande impacto para a população da região. “Temos problemas localizados, como a desapropriação que envolve o Aeroporto de Viracopos, que são milhares de processos, bem como ações relativas ao Sistema Financeiro Habitacional”, afirmou o Raul. 


O diretor da Secretaria Administrativa, Oscar Paulino dos Anjos, elogiou o empenho de Raul Mariano e da administração do fórum de Campinas e acrescentou que a experiência na capital deu tranquilidade a esta instalação, mas alertou: “Embora o espaço físico tenha ficado bom, temos a informação que a demanda aqui em Campinas será crescente e já estamos trabalhando para providenciar mais espaço”. (FRC)


Fotos: Helio Martins Jr. 

Publicado em 16/01/2018 às 14h06 e atualizado em 04/04/2024 às 12h12