TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetNotíciasNotícias 2012

14/06/2012 - Juiz federal Nino Toldo toma posse como presidente da AJUFE

Notícia extraída do site da AJUFE: www.ajufe.org.br



Em cerimônia na noite desta terça-feira (12/06), no Clube Naval de Brasília, tomou posse a nova diretoria da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), eleita para o biênio 2012/2014 e que será presidida pelo juiz federal Nino Toldo (*).


Com um discurso emocionante, Nino Toldo afirmou que assumir a Ajufe é uma grande responsabilidade. “Tenho consciência de tudo o que este cargo representa, da importância desta associação de juízes no cenário nacional, bem como do crítico momento pelo qual passa a magistratura no Brasil”.



O novo presidente da Ajufe ressaltou a importância de inserir a magistratura nos grandes debates nacionais. “A Ajufe terá uma gestão proativa e contribuirá com os órgãos competentes para o aperfeiçoamento do Poder Judiciário e para que uma sociedade melhor seja alcançada neste país. Os juízes federais brasileiros têm consciência de seu papel e de suas responsabilidades”.



Nino Toldo realçou, ainda, os cinco eixos fundamentais para a gestão que se inicia: a valorização da magistratura, a estrutura da Justiça Federal, a política remuneratória, a inserção social da magistratura e o respeito ao associado. Esses eixos convergem para um ponto principal que é a valorização do trabalho da magistratura e do papel do Poder Judiciário.



Quando se referiu ao caminho para atingir tais propósitos, Nino enfatizou a necessidade do diálogo institucional. “Tenham certeza de que encontrarão em mim um homem disposto ao diálogo e à busca de consenso para que nossas instituições se aperfeiçoem e a magistratura volte a brilhar”.



Gabriel Wedy, que deixou a presidência da Ajufe, disse que o momento é de união da magistratura federal brasileira. “Hoje toma posse o novo presidente Nino Toldo e sua diretoria, para a qual peço o integral apoio dos associados da Ajufe. Só podemos avançar se estivermos unidos, com passos firmes e maturidade política. O presidente Nino Toldo terá o meu apoio para sua gestão e para os desafios que se apresentarão nestes próximos dois anos. A magistratura federal brasileira marchará unida”.



O presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Carlos Ayres Britto, salientou que a Ajufe é uma associação respeitável e que ele está aberto ao diálogo. “Durante todo esse tempo de sucessão democrática de direção, a regra sempre foi essa: a do franco entendimento, da conversa aberta e dos propósitos conjugados de servir ao Poder Judiciário como um todo. Claro que com o foco na Justiça Federal. Felicito a diretoria que se despede pelo ótimo trabalho e cumprimento, com muita honra, com muita satisfação a diretoria que chega, sob o comando do Dr. Nino Toldo, com a certeza de que a nova diretoria também manterá essa tradição excelente, digna de competência, de civismo, de devoção à causa pública”.



Entre as autoridades presentes na solenidade de posse estavam o presidente do Superior Tribunal Militar, ministro Almirante de Esquadra, Álvaro Luiz Pinto; ministro do Superior Tribunal de Justiça, Arnaldo Esteves de Lima; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho; o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowki; o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante Junior; a presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, desembargadora federal Maria Helena Cisne; o presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargador federal Newton De Lucca; os senadores Sérgio Souza (PMDB/PR) e José Agripino Maia (DEM/RN); os deputados federais Duarte Nogueira (PSDB/SP), Efraim Filho (DEM-PB), Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), Paulo Teixeira (PT/SP) e Osmar Serraglio (PMDB/PR); o Comandante do Exército, general Enzo Martim Peri; o representante do Comando da Marinha, almirante Bento Costa Lima; o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros da AMB, desembargador Nelson Calandra; o presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Renato Henry Sant’Anna; e o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, Alexandre Camanho de Assis. (RAN)


(*) O novo presidente é titular da 10ª Vara Federal Criminal em São Paulo. Formado em Direito pela USP em 1986, Toldo é doutor em Direito Econômico e Financeiro pela mesma universidade e mestre em Direito e Serviço Social pela Unesp. É o segundo juiz federal mais antigo em atividade na 3ª Região, fator que em breve deve colocá-lo definitivamente como desembargador no TRF-3, onde julga como juiz convocado. Entrou na Justiça Federal em 1991, no primeiro concurso organizado pelo TRF-3, em que passou em 11º lugar. 


Íntegra do discurso juiz federal Nino Toldo


Fotos: AJUFE

Publicado em 11/01/2018 às 17h47 e atualizado em 07/12/2023 às 19h33