TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetNotíciasNotícias 2016

04/11/2016 - Convenção comemora o Dia do Servidor Público na JF/SP

Aconteceu nos dias 27 e 28/10, no auditório do Juizado Especial Federal em São Paulo, a 10ª Convenção em comemoração ao Dia do Servidor Público. Os participantes assistiram a palestras que abordaram a gestão do conhecimento e inovação, vida dentro e fora da Justiça, teletrabalho, cuidados com a saúde, entre outros assuntos. Houve transmissão por videoconferência para as subseções do interior e litoral.

O juiz federal diretor do Foro, Paulo Cezar Neves Junior, deu as boas vindas e conduziu a abertura do evento. Ele elogiou o trabalho dos servidores da Seção Judiciária de São Paulo destacando o desempenho alcançado com o maior índice de produtividade e eficiência entre os tribunais, segundo dados do relatório Justiça em Números do CNJ. O magistrado ponderou que esse resultado ocorreu mesmo com todos os desafios orçamentários e com a maior carga de trabalho dos servidores em relação às demais regiões do país.

A primeira palestra foi ministrada pelo juiz federal Renato Barth Pires, vice-diretor do Foro (interior), que falou sobre o processo administrativo disciplinar e destacou aspectos importantes da gestão de pessoas. ”Temos algumas sindicâncias que decorrem de problemas de relacionamento entre servidores do mesmo setor. Muitas vezes isso pode ser resolvido no plano de recursos humanos, quando não há gravidade suficiente para justificar uma punição, mas precisa ser trabalhado para que não volte a acontecer”.

Gestão do conhecimento e inovação foi o assunto abordado pela juíza federal Luciana Ortiz Zanoni, vice-diretora do Foro (capital). Ela destacou o potencial de conhecimento e vivência que os juízes e servidores têm e que podem ser utilizados no aprimoramento do serviço público. “A gestão da inovação propicia um ambiente de cocriação onde as ideias e os talentos se entrelaçam em prol de um resultado que atenda as expectativas do cidadão”.

A juíza federal Renata Andrade Lotufo, da 4ª Vara Federal Criminal em São Paulo, debateu o tema “A vida dentro e fora da Justiça”, com o enfoque na necessidade de manter o equilíbrio entre o lado pessoal e profissional, fazendo coisas simples para descansar, relaxar e aproveitar cada momento procurando tornar os dias mais agradáveis.

Em sua apresentação, o juiz federal Paulo Alberto Sarno, da 9ª Vara Federal de Execuções Fiscais em São Paulo, tratou do papel essencial do servidor em garantir o acesso da população à Justiça. “Essa construção do acesso à Justiça somente ocorre com o trabalho efetivo de cada servidor que coloca as mãos no processo. O mais importante é que cada um participe de forma efetiva e dê o melhor de si para a concretização do resultado”.

Finalizando as palestras do primeiro dia, o juiz federal Otávio Henrique Martins Port, diretor acadêmico da Escola de Servidores, apresentou o estilos de aprendizagem e de liderança. Ele também falou sobre a importância da realização da Convenção para que os servidores sintam-se integrados e o trabalho de cada um possa ser valorizado e reconhecido.

A gestão do tempo e o teletrabalho foram temas das duas primeiras palestras no segundo dia. A servidora Gisele Molinari Fessore, diretora da Divisão de Desenvolvimento de Competências do TRF3, explicou que, com o advento do teletrabalho, a gestão do tempo passa a ocupar um papel ainda mais importante. “Gerir o tempo no trabalho é uma coisa, mas gerir o tempo de maneira autônoma, na sua casa, e ainda produzir, apresentar resultados, cumprir metas e gerenciar a qualidade de vida e sua situação familiar, é algo bem diferente. Sem uma boa gestão do tempo fica difícil ser bem sucedido”.

O juiz federal Anderson Fernandes Vieira, da 8ª Vara Gabinete do JEF/SP, compartilhou sua experiência ao utilizar o teletrabalho com alguns servidores, destacando o aumento da produtividade e a melhora na qualidade de vida dos funcionários, além de outros benefícios, como a redução dos deslocamentos pela cidade e diminuição de custos para a Justiça Federal.

A última palestra foi ministrada pela nutricionista Michele Mocho, que deu dicas sobre como manter uma boa alimentação e apresentou formas simples de praticar atividade física, em casa e no trabalho, como caminhar, subir escadas e fazer pausas para relaxar a musculatura.

No encerramento da Convenção, o juiz federal Paulo Cezar Neves Junior aproveitou a oportunidade para conversar com os servidores e abriu um espaço para que participassem com perguntas, críticas e sugestões. (JSM)

Fotos: Jefferson Messias

Publicado em 18/12/2017 às 17h19 e atualizado em 04/04/2024 às 12h12