TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetNotíciasNotícias 2017

24/04/2017 - Diretoria do Foro promove encontro telepresencial sobre orçamento e gestão

A Diretoria do Foro realizou em 18/4, na capital paulista, uma reunião com magistrados e servidores para tratar do orçamento e da gestão na Seção Judiciária de São Paulo, frente aos limites orçamentários deste ano. O evento abordou o programa de estágio, nomeações de servidores, aquisição de materiais, gestão e inovação, entre outros assuntos. Houve transmissão por videoconferência para os fóruns do interior e litoral.

“Não podemos dizer que a execução orçamentária será tranquila em 2017, pelo contrário, teremos que continuar com medidas fortes de redução de gastos, pois os impactos da Emenda Constitucional 95/2016 (teto dos gastos públicos) serão sentidos durante todo o ano”, afirma o juiz federal Paulo Cezar Neves Junior, diretor do Foro.

Entre as medidas de economia que estão sendo adotadas pela JFSP está a renegociação de contratos de aluguel dos fóruns, mudança para prédios com menor custo, redução de gastos com correspondências, pedágios, empresas terceirizadas e reorganização de alguns serviços. Além disso, existe um convênio com o Governo do Estado para disponibilização de postos de trabalho aos cumpridores de penas e medidas alternativas nas subseções judiciárias.

O magistrado destacou que será possível trazer de volta, ainda que de forma parcial, o programa de estágio na JF/SP. “Vai ser exigido um grande esforço de economia, mas estamos confiantes de que temos condições de dar esse passo. No entanto, precisamos continuar contando com o apoio e a compreensão de todos”, frisa o juiz.

Outro ponto tratado durante a reunião refere-se à nomeação de novos servidores. Desde o ano passado, as áreas responsáveis têm se empenhado em preencher as vagas decorrentes de aposentadoria e exonerações, apesar das restrições do orçamento. “Temos buscado, cada vez mais, preencher as vagas de forma racional, com critérios objetivos e transparentes”, explica Paulo Cezar.

A juíza federal Luciana Ortiz Zanoni, vice-diretora do Foro (capital), falou sobre a importância de utilizar metodologias de gestão para enfrentar a crise de maneira inteligente, profissionalizando o serviço e reduzindo os custos. Esse é um dos focos do iNovaJusp, programa de gestão e inovação adotado na Justiça Federal de São Paulo em meados de 2016.

De acordo com a magistrada, o iNovaJusp tornou possível realizar o primeiro orçamento-programa participativo da JFSP, que contou com a colaboração de juízes e servidores de todas as subseções. Ela também falou sobre o papel da rede de governança, mapeamento dos processos de trabalho e a inauguração do Laboratório de Inovação, prevista para o mês de maio.

“O Laboratório é um projeto idealizado desde o início de nossa gestão e finalmente está saindo do papel. Será um espaço muito importante para conseguirmos eficiência e otimização dos nossos serviços”, pontua Luciana Ortiz.

O juiz federal Renato Barth Pires, vice-diretor do Foro (interior), assistiu ao evento por videoconferência diretamente de São José dos Campos/SP. A reunião também contou com a participação do juiz federal Otávio Henrique Martins Port, diretor acadêmico da Escola de Servidores, que falou sobre alguns projetos e cursos para capacitação e treinamento que serão desenvolvidos em 2017. 

Na parte final, os participantes puderam fazer perguntas, esclarecer dúvidas e dar sugestões à Diretoria do Foro quanto aos temas apresentados. (JSM)

Fotos: Jefferson Messias

Publicado em 13/12/2017 às 18h35 e atualizado em 18/01/2023 às 11h49